Você realmente conhece a razão de ser da sua empresa?

jul 11, 2012 por Editora Évora | Gestão & Negócios

Ainda é comum que as empresas se apresentem aos seus clientes, colaboradores, investidores, e outros públicos falando sobre sua linha de produtos, tecnologia, fábricas, lojas, instalações, número de funcionários, volume de produção e de vendas, faturamento, posição no mercado. Ou seja, elas falam sobre o que fazem, sobre seu tamanho, seu desempenho, mas não explicam por que existem.

 ilustração

Algumas nem mesmo chegam a refletir profundamente e definir claramente sua razão de ser. Depois de um longo processo de busca, é possível chegar à conclusão de que a melhor maneira de conhecer uma empresa começa com uma clara compreensão da sua razão de ser, isto é, das finalidades pelas quais ela foi criada e é mantida.

Afinal, por que as empresas existem?

Para fabricar e vender bens e serviços? Para gerar empregos, cuidando da educação, transporte, alimentação de seus funcionários? Para dar lucro? Para promover a prosperidade de uma sociedade? Não há uma única resposta a essas questões. Não há um consenso sobre a razão pela qual as empresas existem, seu objetivo, sua função, seu papel. Todos sabem que as empresas produzem bens e serviços, mas nem todos concordam sobre a razão pela qual elas fazem isso.

São várias as visões sobre as finalidades das empresas. Para os economistas, elas são agentes que realizam relações de troca econômica no mercado; para os cientistas sociais, são organizações humanas; para o governo, devem criar empregos; para os sindicatos, são exploradoras dos trabalhadores; para muitas pessoas, as responsáveis pela inflação e desemprego. A visão sobre as finalidades das empresas é diferente também entre os diversos especialistas de administração – marketing, finanças, produção, engenharia, recursos humanos etc. Uns dão ênfase na engenharia do produto, outros, na fabricação; uns, nas relações com os clientes, outros, nas transações financeiras; uns, nos resultados econômicos, outros, na motivação e capacitação das pessoas.

A finalidade para a qual a empresa existe é fundamental para sua vida, pois é em função de como vê sua razão de ser que ela define seus rumos e seus objetivos, que estabelece suas práticas e avalia seu desempenho. Suas ações e, por consequência, seus resultados, são decorrentes do que a empresa entende ser as suas finalidades. As relações com os clientes, colaboradores, empreendedores e com as instituições da sociedade também são decorrentes das finalidades da empresa, que, por sua vez, são o que distinguem as empresas, e as diferenciam umas das outras.

Definir as finalidades pelas quais uma empresa existe, portanto, não é escolher uma estratégia a ser seguida. É uma questão de filosofia. É determinar os motivos que fundamentam a razão de ser da empresa.

 

capa do livro "Empresas Válidas"
INDICAÇÃO DE LEITURA

Para uma empresa ter sucesso garantido ao longo dos anos é necessário que seus líderes tenham valores importantes para a sociedade no geral. O livro Empresas Válidas demostra como essas empresas operam e apresenta um modelo para quem deseja modificar a atuação empresarial.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  • Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos posts por email.

  • Sucesso do momento:

  • CURTA EDITORA ÉVORA
    NO FACEBOOK
    NOSSOS ÚLTIMOS
    TWEETS