Inovação: desafios culturais e de mentalidade organizacional

jul 18, 2012 por Editora Évora | Inovação & Tecnologia

A maioria das grandes empresas conta com uma experiência considerável de intercâmbio com um pequeno e cuidadosamente selecionado grupo de parceiros, realizando joint-ventures, acordos tecnológicos ou de licenciamento de marca, entre outros. Porém, quando se trata da colaboração em inovação de grande escala – por exemplo, um grande número de parceiros bastante dispersos geograficamente  –, a maioria das companhias tem uma experiência limitada. O primeiro tema crítico com o qual os executivos seniores terão de lidar refere‑se às amplas implicações da adoção da abordagem de inovação centrada em redes.

mentalidade organizacional

Como a organização encarará esse tipo de oportunidade colaborativa? Como os executivos seniores podem assegurar a existência de um conjunto coerente de estratégias de inovação para capturar igualmente as oportunidades externas e as capacidades internas? Que tipo de quadro geral ou mentalidade deve ser estimulada para refletir a intenção da organização em colaborar com entidades externas e definir os principais parâmetros dessa colaboração? E como os executivos seniores devem se comunicar para encorajar entre os demais integrantes da organização a adoção dessa mentalidade?

Para companhias como 3M, DuPont e Kodak, com uma história significativa de conquistas internas e uma vasta equipe residente de cientistas e especialistas técnicos, a principal ameaça é o sentimento de que “nós conhecemos tudo e todo mundo”. Essa síndrome do “isso não foi inventado aqui” é uma séria barreira contra a aceitação de novas ideias vindas de fora da empresa. Uma mudança cultural é necessária e significativa para superar a síndrome e adotar uma mentalidade mais colaborativa.

A IBM reconheceu como fato que a parceria com as comunidades abertas e outros tipos de comunidades de criação requer que a empresa abdique de controles que tradicionalmente exercia sobre as iniciativas de inovação.

Realmente, o livro de Linda Sanford, uma das executivas seniores da IBM, sintetiza esse espírito desde o título: Let go to grow (Para crescer, deixe acontecer). Embora a necessidade de uma mudança cultural seja fácil de identificar, realizá-la na empresa – especialmente em grandes organizações com uma longa história de sucesso – é realmente algo muito desafiador.

 

capa do livro "Cérebro Global"
INDICAÇÃO DE LEITURA

Se você já tentou implementar mudanças inovadoras em sua empresa sem sucesso, talvez seja necessário mudar, antes de tudo, a mentalidade dos líderes e gestores. O livro Cérebro Global trata, em detalhes, todo o processo necessário à inovação centrada em rede.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  • Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos posts por email.

  • Sucesso do momento:

  • CURTA EDITORA ÉVORA
    NO FACEBOOK
    NOSSOS ÚLTIMOS
    TWEETS