Supere barreiras: use um modelo de influência como guia

mai 09, 2012 por Editora Évora | Carreira

Será que você pode deixar no passado todos os tipos de barreiras? Vamos ajudá-lo a dar um passo atrás e usar novas diretrizes. O desafio será superar seus próprios sentimentos e reações, para que você faça melhor diagnóstico do que ocorre e aprenda a deixar para trás os medos e equívocos que o bloqueiam.

Homem encontra o caminho certo

Um modelo básico parte da observação de que toda influência tem relação com quem está sendo influenciado a receber algo valioso (ou evitar aquilo que não gosta) em troca da vontade de oferecer o que lhe é solicitado. Esse tipo de troca – formal ou informal – pode ser examinada sistematicamente, para você compreender melhor o que os outros querem, esclarecer bem o que você deseja, identificar o que tem para dar e construir um relacionamento mútuo de influência com objetivo de produzir uma troca em que todos ganham. O preço dessa admissão é fazer um bom trabalho. Isso é fundamental porque cria um conceito de que você é um realizador confiável. Mas isso raramente é o suficiente; você também precisa ter um amplo arco de boas relações, muitas vezes até antes de se debruçar sobre elas, e consciência suficiente sobre si mesmo para evitar as muitas autoarmadilhas, que podem afastá-lo de uma influência eficaz.

Isto pode soar calculista – e é. Mas também é um planejamento deliberado sobre como conseguir realizar seu trabalho; não uma conjectura visando somente ao seu próprio benefício pessoal. Se as pessoas percebem que você só está interessado na própria ascensão ou no sucesso, elas se tornarão cautelosas, resistentes, e até começarão um trabalho nos bastidores para uma retaliação mais tarde. A forma que sugerimos fará que a influência exercida nas empresas ao longo do tempo caia nas mãos dos sinceros, aqueles genuinamente interessados no bem-estar dos outros, os que fazem muitas conexões e se envolvem muitas vezes em trocas mutuamente lucrativas.

O comportamento maquiavélico, calculista e egoísta pode dar certo por um curto período de tempo, mas fatalmente cria inimigos, ou provoca falta de interesse em ser útil, trazendo então a ineficiência. Quando alguém quer prejudicá-lo, pode responder ao seu comportamento com ações negativas, com um tipo de troca que pode ser bem desagradável. Se você trabalha em um lugar que desenvolveu uma cultura negativa, em que apenas a atitude egoísta é recompensada, saiba que essa empresa vai sofrer revés e entrar em declínio. As pessoas que se preocupam com os objetivos da companhia ficam desencantadas e saem assim que podem, enquanto as que ficam espalham a amargura.

capa do livro Influência sem Autoridade
INDICAÇÃO DE LEITURA

É praticamente impossível conviver em sociedade e trabalhar bem sem depender de outras pessoas. Há momentos em que a influência se faz necessária, não para controlar o próximo, mas para obter melhores resultados em qualquer tipo de ação. Compreenda como atuar influentemente sem precisar sem autoritário com o livro Influência sem Autoridade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  • Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos posts por email.

  • Sucesso do momento:

  • CURTA EDITORA ÉVORA
    NO FACEBOOK
    NOSSOS ÚLTIMOS
    TWEETS